CSMSP – 25.9.2017

Condomínio pro indiviso. Convenção. Shopping Center. Taxatividade. Numerus clausus. REGISTRO DE IMÓVEIS – Convenção de Condomínio – Instrumento particular que estabelece regime de condomínio voluntário, mas apresenta características próprias de um condomínio edilício – Necessidade da anuência da unanimidade dos condôminos – Taxatividade do inciso I do artigo 167 da Lei 6.015/73 – Óbice ao registro mantido – Dúvida procedente – Recurso improvido. @1111976-30.2016.8.26.0100, São Paulo, 1SRI, j. 1/9/2017, DJe de 25/9/2017, Rel. MANOEL DE QUEIROZ PEREIRA CALÇAS. Legislação: LRP – 6.015/1973, art. 167.

Escritura de inventário e partilha. Doação conjuntiva. Direito de acrescer. REGISTRO DE IMÓVEIS – Doação conjuntiva em favor de marido e mulher – Bem que, em virtude do direito de acrescer estabelecido no parágrafo único do artigo 551 do Código Civil, não poderia ter sido inventariado e partilhado – Desqualificação correta da escritura de inventário e partilha – Apelação não provida. @1012088-83.2016.8.26.0037, Araraquara, 2SRI, j. 15/8/2017, DJe de 25/9/2017, Rel. MANOEL DE QUEIROZ PEREIRA CALÇAS. Legislação: CC2002 – 10.406/2002, art. 551.

Cisão societária. Averbação – competência recursal. Agravo de instrumento. Registro de Imóveis. Averbação. Recurso não provido pelo Corregedor Geral. Agravo interno dirigido ao Conselho Superior da Magistratura. Não conhecimento. @1037729-78.2016.8.26.0100, São Paulo, 13SRI, j. 21/2/2017, DJe de 25/9/2017, Rel. Manoel de Queiroz Pereira Calças. Legislação: LNR – 8.935/1994, art. 30, inc. XIV.

 

CSMSP – 24.3.2017

Condomínio pro indiviso – fração ideal – posse certa e determinada – disponibilidade qualitativa. Matrícula – unitariedade. Imóvel rural – CCIR. Erro pretérito. Reserva legal – especialização – CAR. Emolumentos. REGISTRO DE IMÓVEIS – Dúvida inversa – Escrituras públicas de venda e compra – Condomínio pro-indiviso – Situação de indivisão que persiste – Ausência de elementos indicativos de divisão fática, com anuência dos condôminos – Alienações de frações ideais com medidas certas – Negócios jurídicos que mascaram transmissão de posse localizada e indevida divisão da coisa comum – Ofensa ao item 171 do Cap. XX das NSCGJ e ao princípio da disponibilidade qualitativa – Pertinência da exigência relativa ao CCIR, que deve referir-se à área total do imóvel rural – Erros passados não justificam os registros pretendidos – Exclusão das exigências atinentes às certidões negativas de débitos e ao ITR (subitem 119.1 do Cap. XX das NSCGJ) – Adequação da exigência referente à reserva legal florestal – Falta de pagamento dos emolumentos que não pode obstar os registros, se não houve exigência de depósito prévio – Dúvida procedente – Recurso provido. @1016790-38.2015.8.26.0577, São José dos Campos, 1SRI, j. 10/2/2017, DJe de 24/3/2017, Rel. Manoel de Queiroz Pereira Calças. Legislação: CC2002 – 10.406/2002, art. 504; CTN – 5.172/1966, art. 134; LO – 4.947/66, art. 22; LO – 4.504/64; LO – 9.393/96, art. 21; LRP – 6.015/1973, art. 176, inc. II, a, 3; LO – 10.267/2001.

1VRPSP – 1.2.2017

Condomínio pro indiviso – convenção. Shopping center. Fatos inscritíveis – numerus clausus. Continuidade. Dúvida – Registro de instrumento particular de convenção de condomínio pro indiviso – Shopping center – não enquadramento nas hipóteses taxativas elencadas no artigo 167 da Lei de Registros Públicos – Dúvida procedente. @ Processo 1111976-30.2016.8.26.0100, São Paulo – 1 SRI, j. 24/1/2017, DJe 1/2/2017, rel. Tânia Mara Ahualli. Legislação: CC2002 10.406/2002, arts. 1314, 1333; LCE 4.591/64, art. 7; LRP 6.015/1973, art. 167.